Aquecimento Global

O aquecimento global parece mais fé do que ciência. Há várias medições, achismos, etc, que são “torcidos” para se encaixarem na teoria do Global Warming. Eu ainda não acredito na relação direta entre a emissão de CO2 e o aquecimento global catastrófico causado pela atividade humana. Que o homem deve empregar fontes de energia que não poluam – isso com certeza, mas é outra história. Segundo medições precisas, o que está acontecendo agora, medido entre 1957-2008, já aconteceu entre 1895-1946 (http://www.climate-skeptic.com/2009/12/why-the-historical-warming-numbers-matter.html)

Altura do monitor

Não há coisa que causa mais controvérsia em um escritório do que a altura que deve ficar o monitor do computador em relação ao usuário. Diferentemente do que mostra a maioria dos guias de ergonomia, muitas pessoas teimam em instalar seus monitores sobre  pilhas de livros e outros apoios para que fiquem bem alto. De onde sai isso? É difícil responder. O que eu sei é que os guias sérios de ergonomia  que tratam do tema recomendam deixar o monitor abaixo da linha de visada. Ou seja, para a maioria das pessoas, o monitor deve ficar em cima da mesa, a frente do teclado, sem nada que o eleve.

Gentileza gera gentileza

Hoje me aconteceu algo que me lembrou o profeta Gentileza. Quem é do Rio de Janeiro e tem alguma idade, não sei quanto é o necessário,  já ouviu falar dele. Qualquer um que chegasse ao Rio de ônibus pela rodoviária Novo Rio veria, pintado nas pilastras do Viaduto do Caju, várias vezes o dizer “gentileza gera gentileza”. Quem tiver curiosidade, clique em:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Profeta_Gentileza

Mas voltando ao início, por que lembrar dele?

Proteção contra a gripe

De saída, devo avisar que não sou médico. No máximo de computadores. Mas leio bastante sobre saúde. Por isso, quero colaborar traduzindo partes de um pequeno guia de como evitar gripes, recheadas de algumas observações minhas. Os detalhes que vêm a seguir funcionam para qualquer gripe. Desde as aviárias até às suínas. Funciona porque eu mesmo há anos não tenho gripes. Mesmo resfriados. Geralmente várias pessoas ao meu redor pegam e eu não. E olha que trabalho em ambiente fechado.

In Defense of Food (Em defesa da comida)

Recentemente li este livro de Michael Polland. Tem uma abordagem um tanto diferente de qualquer outro que advoga dietas e/ou recomendações de como se  alimentar de forma saudável. O tema principal é detectar o que é realmente comida entre o que se tem disponível à venda hoje em dia. O autor sugere que, se sua bisavó em um supermercado não reconher como comida, então é porque não foi “testado” no passar dos anos e, provavelmente, é uma invenção da indústria alimentícia. São geralmente ingredientes para aumentar o sabor, conservar o produto, mudar sua cor, etc. Segundo Pollan, a indústria alimentícia se aproveita daquilo que é mais fácil de produzir, mais barato e que apela para o paladar do consumidor, deixando para segundo plano o valor nutritivo do produto.

Minha coleção de programas para Mac

Openoffice.org – Pacote editor, planilha, apresentador compatível com documentos MS-Office. Por qual motivo gastar ou piratear um pacote de escritório se esse é 100% gratuito? E ainda é mais rápido. É nativo Mac OS X.

Witch – Permite alternar entre todas as janelas de todas as aplicações e selecionar a desejada com a combinação de teclas option-tab.

Minha coleção de endereços para o Mac

www.versiontracker.com/macosx – seleciona endereços para programas freeware, shareware e pagos. Permite que o visitante se cadastre e passe a receber semanalmente um resumo de tudo que foi acrescentado e sofreu updates ou upgrades.

www.macnews.com.br – Revista eletrônica brasileira sobre a Apple e seus produtos. Possui fórum de discussão.

applemania.info – Revista eletrônica brasileira sobre a Apple e seus produtos. Possui fórum de discussão.

www.macosxhints.com – Dicas sobre o Mac Os X (Sistema operacional atual dos Macs)

Minha versão de tutorial para ajustar a acentuação no Mac

(Atenção, do Leopard em diante (Mac OS X 10.5) não precisamos mais desse ajuste. Basta entrar em Preferências do Sistema -> Idioma e Texto -> Leiutes do Teclado -> Escolher EUA International – PC. Se essa opção não aparecer no seu, então continue.)

O Mac vem normalmente com o teclado sem o cedilha e com uma forma de acentuar que eu não gosto, talvez por já ter usado no passado teclados  que também não tinham cedilha e teclas especiais de acento que vinham dos PC’s antigos, antes de termos os teclados ABNT.

Sobre motociclistas

Vi este ditado em um fórum sobre pilotagem com segurança:

“Motorcyclists are the only people who know why a dog has to stick his head outside a moving vehicle”

(Motociclistas são os únicos que sabem porque os cães têm de esticar sua cabeça para fora de um veículo em movimento)

WII

Eu sempre me interessei por jogos de computador. Desde o  meu primeiro computador, um TK82, eu achava a coisa mais interessante de se fazer nele depois de programar.
Tive também alguns consoles, como o primeiro Telejogo Philco (acho que é o avó de todos os consoles), um Atari, um Mega Drive. E parei.
Tudo que eu jogava era no IBM – PC e depois Mac. Mas nunca fui mesmo fã de jogar em PCs/Macs. Sem contar que o número de teclas necessárias para cada jogo aumentou tanto, que em certo momento achei que seria necessário implantar alguns dedos para dar conta dos novos jogos. Até que…
Até que foi inventado o Wii.
Em lugar de apertar botões, no Wii você mexe na posição do controle e os movimentos são representados no jogo. Por exemplo, para dirigir um carro de corrida, você simplesmente vira o controle como se fosse uma direção. Tem até adaptadores para dar maior realismo ao controle. Se quer acertar a bola num jogo de tenis, usa o controle como se fosse uma raquete. Num jogo de guerra, com o Call of Duty, use o controle para se movimentar. Ainda existem botões, mas além de em menor número, os movimentos dos personagens e objetos na, maioria das vezes, não dependem dos botões ou são complementos.
Não precisa dizer que é necessário amarrar o controle no braço, caso contrário ele pode sair voando. Mas os controles já vêm com fitas para isto. Também é preciso muito cuidado com quem está ao redor. Outro detalhe interessante dele é que em muitos jogos você acaba fazendo um monte de exercício. Por exemplo no caso da luta de box, no tenis.

Compras pela internet: dica de segurança

Comprar pela internet tem seus atrativos. O maior deles, sem dúvida, é poder comparar preços entre várias lojas instantaneamente, usando sítios como bondfaro.com ou buscape.com.br. Outros são a variedade de produtos disponível, a possibilidade de comparar as características daqueles parecidos e também de ler a avaliação de quem já comprou, algo que ainda está demorando a “pegar” no Brasil.

Nesta parte do ano, aumentam os artigos em revistas, jornais e especialistas dando entrevistas de como fazer compras seguras. Neste aspecto dois temas são comuns: comprar de uma loja que realmente vai entregar o produto e a segurança na forma de pagamento, que geralmente é efetuado por cartão de crédito, já que este permite comprar até 12 vezes sem juros (pelo menos aparentes).

Andando de Moto

Como sabem meus amigos, andar de moto é um dos meus passatempos de fim de semana. Muitos me perguntam se não acho perigoso. Eu digo que sim.
Talvez seja por isto que estou inteiro, depois destes 29 anos andando de moto.
Com certeza já passei por maus bocados, principalmente quando morava em Petrópolis, com seus paralepípedos deslizantes e cheios de musgo.

Mas algumas coisas aprendi neste tempo:
1) Sempre andar de luvas – por instinto, a primeira coisa que usamos para nos defender em uma queda são as mãos. Um bom par de luvas ajuda numa emergência destas. Com o tempo, não importa se estas  são grossas ou não, o fato é que você não consegue mais pilotar sem elas. Sem contar a proteção no frio.

Como se defender de viroses e outras pragas…

A aquisição de um computador leva em consideração principalmente a velocidade  de seu processador, quantidade de memória e capacidade de armazenamento em disco rígido. Logo em seguida vem o anti-vírus… Oops… Mas tem de ser assim?

Não, não tem. Como sabemos, qualquer anti-vírus impõe uma redução de velocidade no computador, uma vez que ele tem de constantemente monitorar a existência de vírus. Então, qualquer investimento em velocidade acaba sendo prejudicado pela necessidade de usar um anti-vírus.

Uma forma de evitar isto é usar um sistema operacional e aplicativos pouco visados pelos criminosos.
Pense bem: quais são os aplicativos que você usa no seu dia-a-dia?

Mouse sem fio da Apple

O mouse é uma maravilha. Além de ter uma aparência realmente diferente, como tudo que a Apple faz, o funcionamento dele é muito bom. Começa pelo peso. Nem leve, nem pesado. É muito preciso. O botão superior, usado para scroll, funciona na vertical, horizontal ou 360 graus, tudo configurado pelo OS X. Dá para configurar tudo. Neste mesmo botão, eu configurei para aparecer a paleta de escolha de aplicativos abertos, o que antes eu fazia com ctrl-tab.  Dos lados há dois botões que você pode apertar em conjuto ou separadamente. Configurei para limpar a tela e mostrar a mesa de trabalho. Os botões esquerdo e direito deixei no convencional num mouse de dois botões.
Muito jóia. Vale a pena ter um. E ainda por cima é sem fio, via bluetooth padrão, ou seja, se o computador tem bleutooth interno, não precisa espetar nada na porta USB. Digo isto pois há alguns modelos no mercado que se dizem sem-fio e bluetooth mas que não funcionam com o blutooth padrão dos laptops. Aliás, não econtrei nenhum que funcionasse sem ter de usar a porta USB.

Leitura: o fundamental!

Como coordenador de curso e professor da área de computação, sou freqüentemente convidado a ministrar palestras em escolas de ensino médio sobre o que são os cursos na área de informática.

Uma das perguntas recorrentes é:

“O que preciso saber bastante para fazer um curso de Ciência da Computação ou de Sistemas de Informação?”

A maioria fica surpresa quando respondo que não é matemática o mais importante, mas sim a língua portuguesa.

Estudar na universidade

Com o aumento da quantidade de informação disponível e a comprexidade da vida atual, mais do que nunca a capacidade de ler,  interpretar e filtrar a informação é essencial. Por isto a importância de disciplinas como Língua Portuguesa, Metodologia Científica, Filosofia, Sociologia e outras das áreas não técnicas dos cursos.

Um profissional atual não está completo quando aprende um processo de trabalho, mas sim quando adquire a capacidade de se reciclar. E ele só consegue isto aprimorando sua capacidade de comunicação. A capacidade de trabalho agora é continuamente defrontada com mudanças, sendo necessário que o trabalhador se adapte, tornando esta habilidade um fator normal em sua vida profissional.

Ninho de pombinhas na sacada

Há uns 4 meses, eu e Rochelle compramos um vaso desses de pendurar na parede com uma planta muito bonita. Dias depois, qual não foi nossa surpresa ao regar a planta: havia um ninho já com dois ovos instalados. O mais interessante é que, desde então, já foram chocados 4 ninhadas e mais uma está sendo chocada. De cada vez nasceram dois filhotes. Um par voa e dois ou três dias depois já estão chocando mais dois ovos. Cada par é chocado por mais ou menos 20 dias, e os filhotes voam depos de mais uns 15 dias. Os pais se revezam tanto para chocar os ovos quanto para alimentar os filhotes. Ainda não descobri o padrão dos turnos da alimentação. Para chocar, pelo que notei, a mãe, que é mais cinza, fica durante a noite até pela manhã e voa do ninho lá pelas 8 horas. O pai fica até mais ou menos 11 da manhã. À tarde a mãe retorna e fica até a manhã. Para alimentar o filhote, os pais regurgitam comida diretamente nos bicos dos filhotes.