Afrontas à lógica?

Pequena coleção de curiosidades que ouço na televisão, rádios e leio em jornais.

23 – “Número que a coloca como a segunda capital com a menor taxa de homicídios do país, atrás apenas de São Paulo.” Pior se fosse o segundo e não perdesse apenas para o primeiro…
22- DC-Jan-2016 “Elevador despenca com pessoas dentro em Balneário Camboriú” no título do artigo e na chamada “Elevador despenca com cinco pessoas no interior”. Acho que se não fosse com gente dentro, nem seria notícia.
21 – “4 armas de uso reservado foram apreendidas a caminho do Paraguai para o Brazil. Duas eram de fabricação nacional e o restante de fabricação estrangeira”.
20 – “As hipóteses para a morte do peixe são de que um anzol grande tenha perfurado algum órgão, de que a poluição do mar tenha afetado a saúde do animal, de tenha sido pego por uma rede ou que ar tenha entrado no pulmão. (DC)” (Peixe com pulmão é demais…)
19 – Acidente de automóvel:
“Carro perdeu o controle e invadiu o ponto de ônibus que estava vazio”
É por isso que há tantos acidentes. Os carros é que têm o controle, não os motoristas.
1- O repórter falando sobre um acidente com um avião no Brasil:
“O teto caiu e causou pânico nos passageiros que estavam na aeronave”.
2 – Esta é geral:
“O paciente não resistiu e morreu”.
3 – Reporter descrevendo o projeto de uma universidade muito famosa:
“O barco foi projetado para não afundar”.
4 – Depois de um tornado:
“Continuam as buscas pelas vítimas nos escombros”.
5 – Depois de vários deslizamentos no estado do Rio de Janeiro:
“Durante toda a madrugada aconteceram os enterros noturnos”.
6 – Depois de preso um suspeito:
“Denúncias feita por um informante”.
7 – Após um acidente:
“Teve ferimentos no corpo”.
Acho que para consertar, deveria dizer que não teve na alma ou na alma também. Ou será que já foi para descartar ferimentos na alma?
8 – Esta é muito comum em Florianópolis:
“Estão realizando reparos no local”, “Estão retirando terra do deslizamento no local”. “Os bombeiros foram chamados para apagar o fogo no local”.
9 – Um reporter mostrando um avião não tripulado:
“O avião é pilotado à distância por controle remoto”.
10 – Essa também é muito comum:
“Está em segundo lugar, perdendo apenas para…”
11 – O carro sai da pista e cai no mar durante a madrugada numa reta em Florianópolis. A reporter tenta explicar o que aconteceu:
“O motorista morreu porque ficou preso pelo cinto de segurança”. Ou seja, não foi porque corria, ou tivesse bebido, dormido ou cansado. Não. Foi por causa do cinto de segurança. Além de tudo, muito educativo.
12 – Reportagem sobre desmatamento ilegal:
“Essas árvores não são nativas, vieram de fora”.
13 – Reportagem na TV:
“O fugitivo tem 4 mandados de prisão emitidos contra ele”.
14 – Durante um engarrafamento próximo a um pedágio:
“Só há duas cancelas abertas no pedágio no local”.
15 – Rádio Local
“… um radioamador profissional…”
16 – Essa é muito comum:
“Na parte insular da Ilha de Santa Catarina”
17 – Bem recente em um jornal local:
“Taxista é amarrado dentro de porta-malas e fica duas horas sob poder dos bandidos no Sul”
Interessante que os bandidos se deram ao trabalho de amarrar o taxista lá dentro. Por que não o fizeram fora e depois o trancaram no porta malas? Deve ter dado um trabalho…
18 – Muito recorrente:
“Morreu em São Paulo, aos 71 anos de idade, o ator XXXX XXXX. Ele teve um infarto fulminante.”
Se ele morreu, claro que o infarto foi fulminante.

Posted in Geral

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*