Caso de erro em usabilidade de shampoo

Há alguns meses quando comprava  meu shampoo habitual tive uma surpresa:  mudaram a embalagem. Na embalegem anterior, quando o shampoo estava chegando ao fim, bastava virar o frasco de cabeça para baixo e ainda dava para usar muito, pois ele é muito viscoso. Agora, algum gênio da fábrica mudou isso. Você não tem como deixar o frasco de cabeça para baixo por ele mesmo.

Acho que podemos supor algumas coisas:

  1. a fábrica vai lançar um suporte para o shampoo, aumentando sua gama de produtos;
  2. o gênio que bolou o novo frasco não acredita em economia doméstica. Se sobra uns 10 a 20% ainda do produto, é pouca coisa e dane-se a natureza;
  3. o fabricante quer que você jogue fora mesmo ainda tendo conteúdo, assim eles vendem mais (e dane-se a natureza);
  4. o fabricante acredita que sacudir o shanpoo para sair o produto quando está acabando ajuda na quantidade de exercício diário que a pessoa tem de fazer. Falta pôr no frasco que o usuário deve alternar o braço;
  5. burrice mesmo e falta de consideração com o usuário.
One comment on “Caso de erro em usabilidade de shampoo
  1. Ingo says:

    Mauro, excelente observação mercadológica sobre o frasco de shampoo. Sugestão para não se incomodar mais …. faça como eu, seja careca, aí pouco importa se há ou não shampoo, pente, secador de cabelo, etc. É mais prático!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*