Experiência de consumidor no Canadá

Vou tentar não fazer comparações, apenas contar uma coisa que aconteceu comigo.

No dia 06/04/2010 viajamos eu e Rochelle para Ottawa. Uma das minhas “prioridades” era comprar um novo Mac para mim. O modelo que eu queria era o MacBook Pro de entrada, com 2,2GHz, 2 GB de memória, 160GB de disco e bateria com duração de 7h.

Pois bem, no dia seguinte à minha chegada fui à loja da Apple e comprei por 1199 dólares canadenses, me aproveitando do desconto para professor (100 dólares). Em cima desse valor, paguei os impostos, que no Canadá, assim como em outros lugares civilizados, você sabe exatamente quanto é em cada produto, pois são mostrados na hora da compra. Antes de fechar a compra, o vendedor te mostra o total com os impostos para ver se você concorda.

Passados uns 4 dias, entrei na página da Apple para ver outro assunto quando descobri que havia sido lançada uma nova linha de computadores.

O de entrada passou a ser com processador de 2,4Ghz, 4GB de memória, 250GB de disco e bateria de 10h de duração.

Fiquei chateado por um momento, mas pensei: volto à  loja, devolvo esse e compro outro. Lógico que isso não é um pensamento fácil para quem vive no Brasil, pois você quando compra uma coisa aqui é difícil ou mesmo impossível devolver. Simplesmente porque você mudou de ideia, esqueça!

Cheguei na loja,  bastante sem jeito, já pensando em explicar alguma coisa, pegar o dinheiro de volta e comprar o modelo novo. Mas, antes disso, perguntei se poderia trocar pelo modelo novo o que havia comprado na semana passada. A resposta foi curta: OK!

O atendente foi ao fundo da loja, trouxe a caixa do novo, me perguntou se eram aquelas especificações que eu queria. Abriu a caixa do meu, olhou se os cabos, manuais e discos estavam lá. Nem abriu o computador, para ver se havia algo arranhado. Em seguida pegou seu IPhone e começou a entrar alguns dados e escanear os códigos de barra dos dois produtos (tudo com o IPhone acoplado a uma base, que me parece ser só o leitor de código de barras).

Feito isso, perguntou para mim o número do cartão de crédito para ele devolver 56 dólares.

Isso mesmo, DEVOLVER!

É que o novo modelo tinha baixado 50 dólares.

Sem comentários. Para quem duvidar, tenho as duas notas fiscais mostrando a devolução do dinheiro.

Um detalhe: na loja oficial da Apple do Brasil já temos o modelo novo, MAIS CARO QUE O ANTERIOR!

Disse no começo que tentaria não fazer comparações, mas é difícil…

2 comments on “Experiência de consumidor no Canadá
  1. Hézio Fernandes says:

    Inacreditável professor, obrigado por compartilhar essa experiência e nos fazer lembrar essa dura e amarga realidade do capitalismo extremo no brasil.

  2. Daniel Izidoro says:

    Sem comentários…
    .
    .
    … então, vamos falar sobre o sentimento de… vazio! Ele é apenas uma sensação ou é a percepção de algo que nós só podemos aferir por instrumentos, que demonstram o seu oposto em realidades p/ além de sua própria esfera?…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*